Titulares

 

CADEIRA Nº 1 – AMENAIDE BANDEIRA RODRIGUES

24Professora, Pedagoga e revisora de textos – Natural de Alcobaça/BA, mas radicada em Teófilo Otoni desde 1963, onde formou em Magistério, no Colégio Mineiro, graduou em Letras em 1973 e Pedagogia em 1978, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo Otoni, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Tem pós-graduação em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Tem curso de Língua Inglesa e Espanhol. Lecionou Língua Portuguesa na Escola Municipal Dr. Sidônio Ottoni, de 1971 a 1980; foi Professora na Escola Estadual Alfredo Sá a partir de 1980 até aposentar-se na qual foi também vice-diretora. Lecionou de 1994 a 2000 Linguística, depois Língua Portuguesa e por último, Prática de ensino de Língua Portuguesa no curso de Letras, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo Otoni. Foi membro efetiva do Conselho Consultivo do Patrimônio Histórico e Cultural de Teófilo Otoni, do Conselho da Cidade e Coordenadora de 2006 a 2013 do Pólo da Universidade Aberta do Brasil, em Teófilo Otoni. Uma das fundadoras da Academia de Letras de Teófilo Otoni, sendo eleita em mandatos sucessivos para a presidência da entidade (2002 a 2013). Em 2013, foi galardoada com a Medalha de Mérito Cultural Dª Didinha, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à Academia de Letras e ao município na área da educação e cultura. Faz revisão ortográfica de textos, monografias, trabalhos escolares e livros. Atualmente é Presidente Emérita.

Patrono Perpétuo: Pedro de Paula Ottoni
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 21 de março

CADEIRA Nº 2 – LLEWELLYN DAVIES ANTONIO MEDINA

37 - LevinMagistrado, escritor e poeta teófilo-otonense. Estudou no Grupo Escolar Teófilo Otoni, atual Escola Estadual Clotilde Onofri de Campos, e o ginasial e colegial no Colégio Estadual de Teófilo Otoni, hoje, Escola Estadual Alfredo Sá. Bacharel em Direito, em 1969, pela Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, então Universidade do Estado da Guanabara. No Rio de Janeiro, foi escriturário da Companhia de Seguros Previdente. Em seguida, é admitido por concurso no quadro de pessoal do Banco Nacional de Habitação, no qual, no período de 1971 a 1977, foi chefe do Departamento Jurídico da Carteira de Projetos Habitacionais. Ainda no Rio de Janeiro, estabeleceu no período de 1971 a 1979, com escritório de advocacia. De 1984 a 1986, foi Assistente da cadeira de Direito Administrativo, da Faculdade de Direito Estácio de Sá e professor da cadeira de Direito Romano, da mesma instituição de ensino. De 1987 a 1990, foi professor titular da cadeira de Direito Civil da Faculdade de Direito Cândido Mendes. De 1984 a 1990, foi Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, após aprovação em concurso público de provas e títulos. A partir de 1990, após aprovação em concurso público de provas e títulos passa ser Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, atualmente titular da 13ª Vara Civil de Belo Horizonte. Em 10 de outubro de 2014, foi promovido ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, tomou posse em 15 de outubro do mesmo ano. Tem diversos artigos publicados em diferentes ramos do direito, em periódicos, como: Revista de Informação Legislativa, do Senado Federal; Revista Brasileira de Direito Processual e Revista de Direito Civil, Imobiliário, Agrário e Empresarial.

Obras publicadas:
Inventário
A vida é cheia de incongruências
Patrono Perpétuo: Ruy Campos
Posse: 07 de junho de 2014
Aniversário: 23 de março

CADEIRA Nº 3 – LÍZIA MARIA PORTO RAMOS

10Professora, Pedagoga e escritora – Natural de Teófilo Otoni/MG, reside atualmente em Lagoa Santa, região metropolitana de Belo Horizonte/MG. Graduou-se em 1970 em Pedagogia (bacharelado e licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Tem especialização em Coordenação Pedagógica, ministrado pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, realizado em 1972 e Especialização em Ensino de Ciências pela mesma Universidade, concluído em 1995 (curso que possibilita trabalhar com Prática de Ensino de Ciências Físicas e Biológicas em Magistério Superior). Foi professora da Carreira de Magistério do ensino fundamental e médio da Escola Fundamental do Centro Pedagógico da UFMG, de março de 1983 a dezembro de 2002, ministrando aulas nas disciplinas de língua portuguesa, ciências físicas e biológicas, matemática e integração social. A partir de 1994, com a reestruturação da escola, passou a integrar o Núcleo de Ciências, ministrando somente a disciplina de Ciências nas quatro primeiras séries do ensino fundamental até dezembro de 2002. Foi tutora do Projeto Veredas – Formação de Magistério Superior – Convênio Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais e Universidade Federal de Minas Gerais, no período de março de 2002 a dezembro de 2005. Validadora de aulas publicadas pelo Portal do Professor do MEC, desde setembro de 2009. Atuou ainda na área administrativa como chefe do setor de Séries Iniciais do Centro Pedagógico da UFMG, no período de 1989 a 1990, membro do Projeto de Implantação do Centro de Referência do Professor da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais, em 1994, além de ter integrado inúmeras outras comissões e conselhos relacionados à política educacional nos níveis da educação básica e superior, bem como a participação em diversos seminários, encontros e congressos. É autora de inúmeros artigos na área educacional.

Obras publicadas:
O Menino e a Avó do Menino (literatura infantil)
A Barriga do Rei (literatura infantil).
Coautoria: Terra, planeta vida: Ensino de Ciências Físicas e Biológicas para as séries iniciais do Ensino Fundamental, em 4 volumes (coleção didática)
Patrono Perpétuo: Lourenço Ottoni Porto
Posse: 30 de abril de 2011
Aniversário: 04 de maio

CADEIRA Nº 4 – VAGA
CADEIRA Nº 5 – ANTONIO JORGE DE LIMA GOMES

33Engenheiro Civil e Professor – Natural de Viseu/Portugal, radicado no Brasil desde 1966, é Doutor e Mestre em Geofísica pelo Observatório Nacional (Rio de Janeiro), Engenheiro Civil pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Licenciatura Plena em Matemática pelo Centro Universitário Augusto Mota, Licenciatura em Física também pela Souza Marques, com pós-graduação na área de Docência Superior pela Faculdades Integradas Simonsen e Educação para Gestão Ambiental, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. É professor Ajunto nível 2 da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, foi Vice-Diretor do ICET (Instituto de Ciência, Engenharia e Tecnologia) no período de 2011/2015, primeiro coordenador pro tempore do Curso de Engenharia Civil. É revisor de Revistas nacionais e internacionais, principalmente a Central Europen Journal of Ceosciences e membro da Sociedade Brasileira de Geofísica desde de 2001. Tem realizado pesquisas inéditas no Vale do Mucuri, tais como: Energia Solar: uma fonte alternativa nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Levantamento das áreas de Risco Geológico na cidade de Teófilo Otoni, Identificação de Voçorocas para prevenção de Riscos Geológicos e Ambientais na cidade de Teófilo Otoni como forma de ação de sustentabilidade social. Além de vários publicados em congressos com a participação de seus alunos, desenvolvidos na região. Tem ainda vários trabalhos científicos específicos da região e o principal foi publicado em 2012, intitulado: “Gradiente Geotérmico do Município de Teófilo Otoni no Vale do Mucuri”, na Revista de Ciência e Tecnologia do Vale do Mucuri. É membro do Conselho Municipal de Políticas Culturais – representando o segmento: literatura e produção cultural.

Patrono Perpétuo: Paul Max Rothe
Posse: 26 de outubro de 2013.
Aniversário: 25 de novembro

CADEIRA Nº 6 – ELISA AUGUSTA DE ANDRADE FARINA

07Professora, Filósofa, escritora: cronista e poetisa – Natural de Teófilo Otoni/MG, é Bacharel em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais, com pós-graduação em Docência do Ensino Superior: Novas linguagens e novas abordagens, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Foi professora de Filosofia do Direito na Faculdade de Direito de Teófilo Otoni, Professora de Filosofia e Antropologia do curso de Serviço Social e Comunicação Social do Instituto Educacional São Francisco de Teófilo Otoni e Professora de Filosofia e Antropologia Filosófica na Universidade Presidente Antonio Carlos – Campus Teófilo Otoni/MG. Participou, na condição de professora universitária, de várias bancas examinadora de monografias do curso de Direito e Letras. Atualmente leciona Filosofia para o ensino médio na Escola Estadual Alfredo Sá. Uma das fundadoras da Academia de Letras de Teófilo Otoni e atual Vice-Presidente, exerceu a presidência, em razão de licença da titular, durante o ano acadêmico de 2012. É colunista do Jornal Diário de Teófilo Otoni. Representante, em Teófilo Otoni, da União Brasileira de Trovadores – Seção de Minas Gerais. Sócia efetiva e Diretora de Comunicação do Instituto Histórico e Geográfico do Mucuri, além de pertencer à diretoria da Associação Cultural da Descendência Alemã em Teófilo Otoni.

Obras publicadas:
Antes de tudo, mulher
Reino Feliz
Patrono Perpétuo: Pedro Antonio do Nascimento
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 10 de janeiro

CADEIRA Nº 7 -EDER MACHADO SILVA

Policial Militar e escritor, é natural de Comercinho/MG, residiu também em Pedra Azul/MG, atualmente tem residência nesta cidade de Teófilo Otoni/MG. Possui graduação em Direito pelas Faculdades Integradas de Campinas/SP e Filosofia pela Universidade do Sul de Santa Catarina  e especializações em Direito Processual Civil e Direito Militar, respectivamente pela Universidade do Sul de Santa Catarina, de Tubarão e  Universidade Cândido Mendes, do Rio de Janeiro, estando pós-graduando em Filosofia e Teoria do Direito pela  Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e mestrando em Antropologia. Atualmente trabalha na Seção de Recursos Humanos do 19º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, como analista processual; tem experiência na área de Filosofia do Direito, em Direito Processual e em Direito Administrativo Disciplinar Militar. É Diretor Jurídico da Associação dos Praças do Nordeste Mineiro e membro ativo e regular da Loja Maçônica Filadélfia, em Teófilo Otoni. Tem uma dezena de artigos científicos publicados em periódicos especializados na área de atuação militar.

Obras publicadas:
Contos da Caserna: Causos e humor,
A Teoria Divina; Curso de Direito Administrativo Disciplinar Militar,
Terras de Fortaleza: gênese política e social do município de Pedra Azul;
Código de Ética Disciplina dos Militares do Estado de Minas Gerais: Anotado e analisado.
Patrono: Régulo da Cunha Peixoto
Posse: 15 de agosto de 2015.
Aniversário: 25 de fevereiro

CADEIRA Nº 8 – HILDA OTTONI PORTO RAMOS – Dª DIDINHA

06Professora, escritora: poetisa, artista plástica, pianista e musicista – Nasceu em 24 de abril de 1917, teve sua infância dividida entre a Fazenda Bom Retiro e o colégio interno.Estudou no Colégio Santa Clara, em Itambacuri/MG e na Escola Normal e Colégio São Francisco, de Teófilo Otoni, onde em 1933, torna-se normalista. Em 1956, diploma-se pianista pelo Conservatório Brasileiro de Música, do Rio de Janeiro; foi uma das fundadoras de um Departamento do Conservatório Brasileiro de Música em Teófilo Otoni. No início da década de 60, passa a ministrar aulas de Canto Orfeônico no Colégio São Francisco e de Educação Artística e Musical no Colégio Estadual, hoje Escola Estadual Alfredo Sá, onde se aposentou. Dona Didinha, como é mais conhecida, é autora de um vasto repertório musical e poético que ainda é tocado e cantado pelos corais da cidade, além de ser autora do hino: Canção da Comunidade, dedicado ao município de Teófilo Otoni. É autora do Hino oficial da Academia de Letras de Teófilo Otoni e do Hino da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Teófilo Otoni). Entre os seus inúmeros trabalhos inéditos, consta ainda um Hino a Minas Gerais. Uma das fundadoras da Academia de Letras de Teófilo Otoni e patronesse da Biblioteca e da Medalha de Mérito Cultural da entidade. É também Convidada de Honra da Academia de Letras de Teófilo Otoni. Em 2012 para comemorar seus 95 anos de vida, foi organizado pela Academia de Letras, o livro: Dona Didinha, a Pescadora de Sonhos – uma coletânea de depoimentos de familiares, amigos, ex-alunos e autoridades que reconstroem a vida e obra da mestra dos sons e das palavras. Em 15 de dezembro de 2012, foi-lhe conferido pela Academia de Letras, o Troféu Isaura Caminhas Fasciani, na modalidade Escritora do Ano.
Em 14 de março de 2014, a Câmara Municipal de Teófilo Otoni, por meio da Resolução Nº1050, 10 de outubro de 2013, outorga-lhe o título de “Garimpeira do Ano”, em reconhecimento a sua contribuição á educação, cultura e arte no município.

Obras publicadas:
De Lavrado em Lavrado
Memórias Vivas… Vivas Memórias…
Aquarelas da vida.
Patrono perpétuo: Reynaldo Ottoni Porto
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 24 de abril

CADEIRA Nº 9 – SÉRGIO ABRAHÃO ASPAHAN

39 - SergioJornalista, empresário, escritor e poeta teófilo-otonense. Cursou o ensino fundamental no Grupo Escolar Teófilo Otoni, atual Escola Estadual Clotilde Onofri de Campos, e o ensino médio no Colégio Estadual Alfredo Sá e no Colégio São José. Participou da Juventude Estudantil Católica (JEC) na cidade, onde, aos 15 anos, começou a fazer os primeiros jornais mimeografados do movimento religioso. Em 1974, muda-se de Teófilo Otoni com destino aos Estados Unidos, onde cursa, com bolsa de estudos do AFS (American Fields Scholarship), a High School, em Arlington, Texas, equivalente ao 3º ano do ensino médio (1974-1975). Em 1976, ingressa no curso de Comunicação Social da PUC-Minas, onde foi presidente do Diretório Acadêmico do Departamento de Comunicação Social e ativo militante estudantil contra a ditadura militar. Forma-se em 1982, após ter interrompido o curso, em 1976, para viajar de carona pelo Norte-Nordeste brasileiro divulgando o jornal de esquerda Movimento. Essa viagem daria origem, 37 anos depois, ao livro “Mochileiros nos anos de chumbo – Diário de viagem de dois estudantes de jornalismo no Brasil da ditadura militar”. Ainda estudante, é admitido, em 1978, no grupo Jornal de Casa–Diário do Comércio de Belo Horizonte como diagramador e repórter, onde fica por sete anos. Continua como colaborador voluntário do jornal Movimento e, depois, do jornal Em Tempo, do qual foi um dos fundadores. Criou, ainda, o jornal alternativo-satírico Malagueta, em parceria com colegas da PUC-Minas, que teve curta duração. Em 1985, é convidado para desenvolver o projeto gráfico e visual da revista literária Leia, de São Paulo, para onde se muda até a finalização do projeto. Em 1986, retorna a Teófilo Otoni, onde funda a empresa Aspaha Gems, que lapidava e exportava pedras preciosas. Nos dez anos em que ficou na cidade, criou um restaurante árabe (Don Choppin), que promovia vernissages e shows com artistas locais; foi o idealizador e fundador da Associação de Corretores de Pedras Preciosas e membro-fundador da GEA (Gems Exporters Association), tendo criado o seu jornal institucional. Lançou na cidade os jornais do Automóvel Clube, da CDL e o jornal Cidades, do qual era proprietário e teve curta duração, pois foi convidado a participar da fundação do jornal O Tempo, em Belo Horizonte. Em 1996, muda-se para Belo Horizonte para trabalhar como redator e depois editor dos jornais Pampulha e O Tempo, onde fica por dois anos. É convidado ao jornal Hoje em Dia, onde exerce a função de redator e editor de diversos cadernos (Política, Economia, Esportes e Minas). Em 1999, abandona de vez a grande imprensa para fundar a sua própria editora, a Duplo Ofício Comunicação Editora, voltada à produção de cartilhas e revistas educativas em quadrinhos (HQ), jornais e revistas populares, sindicais e institucionais. Foi fundador e diretor da Lapidart Ltda. e criador das primeiras máquinas de lapidar e calibrar pedras preciosas com tecnologia 100% nacional, desenvolvidas em parceria com o Senai e Sebrae (ganhadoras dos prêmios de Inovação Tecnológica Sebrae (2001) e Finep (2003).

Obras publicadas:
Mochileiros nos anos de chumbo
Diário de viagem de dois estudantes de jornalismo no Brasil da ditadura militar, em coautoria com o jornalista Márcio Godinho
Manual de Lapidação
Como lapidar em máquinas Lapidart
Escrito no Escuro
Patrono Perpétuo: Augusto Pereira de Souza
Posse: 07 de junho de 2014
Aniversário: 22 de outubro

CADEIRA Nº 10 – JOÃO BATISTA VIEIRA DE SOUZA

04Professor, escritor: poeta e violonista – Natural de Teófilo Otoni/MG, licenciado em Letras, com habilitação em Português e Inglês, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. É professor da rede pública de ensino, de Língua Portuguesa, lotado na Escola Estadual Tristão da Cunha, além de professor de guitarra e violão. É membro fundador da Academia de Letras de Teófilo Otoni.
Obras publicadas:
Gangorras Jesus Cristo… Faculdades e Afins
Maracutaia
Fantástico mundo de Ringo
Antes do Galo Cantar
Patrono perpétuo: Adail Barbosa de Oliveira
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 24 de junho

CADEIRA Nº 11 – JOSÉ GERALDO SILVA

08Escritor, poeta e produtor rural – Natural de Caraí/MG, radicado em Teófilo Otoni desde 1963, é licenciado em Ciências Sociais e Letras pela Faculdade de Filosofia,Ciências e Letras de Teófilo Otoni, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Em 1976, por meio de concurso, ingressa na CEMIG (Companhia Energética de Minas de Minas Gerais), incialmente como leiturista, depois eletricista, encarregado de turma de eletricista e técnico de distribuição por um período de 20 anos até aposentar-se em 1998. Tornou-se também grande colaborador dos jornais: Folha de Nanuque (repórter), Diário do Rio Doce, O Proletário e Gazeta de Teófilo Otoni. Em 1982, foi condecorado com Medalha e Diploma de Honra ao Mérito pelo Lions Clube de Teófilo Otoni como Operário Padrão do município e região, bem como Operário Padrão de CEMIG em Teófilo Otoni e dos Vales do Mucuri e Rio Doce. Aposentado, dedica-se no momento, à literatura e sua propriedade rural, na região do município de Teófilo Otoni/MG. É membro fundador da Academia de Letras.

Obras publicadas:
Doces Lábios: Poesias, crônicas e poemas
A Volta do Sabiá: Poesias
O Poeta Escreveu: Poesias
Deus, Homem, Amor, Natureza e Espiritualidade: Poesias
Patrono perpétuo: Lourival Pechir
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 11 de outubro.

CADEIRA Nº 12 – LEUSON FRANCISCO DA CRUZ

05Poeta e artista plástico – Natural de Euclides da Cunha/BA, há décadas radicado em Teófilo Otoni/MG, onde constituiu família e atuou na iniciativa privada, até aposentar-se. É membro fundador da Academia de Letras de Teófilo Otoni e tesoureiro geral, em sucessivos mandatos. Foi Presidente do Círculo Operário de Teófilo Otoni e membro da Associação de Promoção da Vida – Uai Brasil;

Patrono perpétuo: Dom Quirino Adolfo Schmitz
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 25 de dezembro

CADEIRA Nº 13 – JAIR DUARTE PÊGO JUNIOR

Escritor e eletrotécnico é natural de Governador Valadares/MG, técnico em contabilidade e licenciado em Geografia e Educação Ambiental pela Universidade de Uberaba. Atuou como bancário, funcionário do Banco do Brasil, na cidade de Capelinha em 1987, data de sua posse,  na agência de Ataléia, de 1989 a 1991, lotado no Centro de Processamento de Dados em Governador Valadares de 1992 a 1988 e na agência central de Teófilo Otoni, de 1999 a 2000. Tem formação em diversos cursos específicos voltados para a carreira bancária, ofertados pelo Banco do Brasil, tais como: Grafoscopia e Numismática, Caixa Executivo, Matemática Financeira, Vendas e Negócios, Comércio Exterior, Operações Rurais, dentre outros.Trabalha, no momento, na produção da  segunda obra com o título: “Trânsito Vivo”. Além da atividade literária, exerce também ação social junto às autoridades locais para humanização do trânsito urbano, priorizando a vida de pessoas, em detrimento do fluxo  de veículo automotores. É sócio proprietário, desde 2001, da empresa Jajá Motores e Eletrodomésticos.

Obra publicada:
Fragmentos: um livro de teorias
Patrono Perpétuo: Joaquim Nunes
Posse: 15 de agosto de 2015
Aniversário: 20 de maio

CADEIRA Nº 14 – NEUSA FERREIRA SENA

19Professora e empresária do ramo gráfico – Licenciada em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras de Teófilo Otoni, com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Inglesa e suas Literaturas, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo Otoni, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Lecionou em vários estabelecimentos de ensino no município de Teófilo Otoni. É uma das fundadoras da Academia de Letras de Teófilo Otoni e integra o Conselho Consultivo da entidade. É sócia proprietária da Editora Gráfica Expresso.

Patrono perpétuo: Joaquim Alves Portugal
Posse: 20 de dezembro de 2002
Aniversário: 27 de agosto

CADEIRA Nº 15 – MARCOS MIGUEL DA SILVA

19Advogado, escritor, historiador e poeta teófilo-otonense. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Teófilo Otoni. Atualmente reside em Itaipé/MG. Em sua terra natal militou nos meios de comunicação, tendo sido repórter do Sistema Itaoca de Rádio (Rádios Itaoca FM e Mucuri AM), colunista policial do Tribuna do Mucuri e Diretor proprietário do Jornal Tribuna Popular. Em Itaipé, para onde se mudou em 1992, foi secretário municipal de Administração e Planejamento nos quadriênios de 1993 a 1996 e de 2005 a 2008. Fundou o jornal O Pioneiro (primeiro veículo de comunicação de Itaipé), foi vereador de 2001 a 2004. Em 2006, recebeu o título de Cidadão Honorário de Itaipé pelos relevantes serviços prestados ao município. Atualmente exerce cargo efetivo junto à Prefeitura de Itaipé, e, na qualidade de advogado, foi assessor jurídico na Câmara Municipal. No presente momento é assessor jurídico da Faculdade de Tecnologia Egídio José da Silva, e da Fundação de Apoio a Pesquisa e Saúde, em Teófilo Otoni, além de atuar em seu escritório (MM ADVOCACIA) (Itaipé). Suas horas de folga são dedicadas a uma pequena propriedade rural e à concepção de peças literárias, tendo escrito o prefácio do livro da Lei Orgânica de Itaipé, edição comemorativa ao cinquentenário de emancipação do município. Em 28 de dezembro de 2012 lançou o livro Rio das Pedras: Itaipé 50 anos, no qual conta a trajetória de vida desse município, do seu surgimento aos dias atuais. Em 27 de abril de 2013 é empossado como membro correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni. É membro ativo da Loja Maçônica Universitária Cristal dos Três Vales, em Teófilo Otoni.

Obras publicadas:
Rio das Pedras: Itaipé 50 anos
Eu e a vida aos olhos da luz
Patrono Perpétuo: Tristão Ferreira da Cunha
Posse: 27 de setembro de 2014
Aniversário: 31 de outubro

CADEIRA Nº 16 – JOSÉ CARLOS PIMENTA
26

Nascido em Teófilo Otoni/MG, filho de Camillo de Lellis Pimenta e de Eugênia Haueisen Pimenta. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG em 1974, tendo sido agraciado com o Prêmio Barão do Rio Branco, como o melhor aluno de sua turma. Com especialização em Direito Público, é Doutor em Direito pela UFMG, com a tese Do Controle Jurisdicional no Processo Eleitoral Brasileiro, aprovada com média 10 (conceito A – excelência), pela Banca Examinadora presidida pelo professor José Alfredo de Oliveira Baracho, seu orientador. Membro do Ministério Público Federal, foi nomeado e empossado no cargo de Procurador da República em 1982, após aprovação em concurso público de provas e títulos. Procurador-chefe da Procuradoria da República no Estado de Minas Gerais, de 1989 a 1993, onde também foi Coordenador da Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, de 1988 a 1993. Procurador Regional Eleitoral, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Minas Gerais, no período de 1990 – 1993 e em 2004. Procurador Regional da República a partir de 1993, foi membro da Primeira Câmara de Coordenação e Revisão (matéria constitucional e infraconstitucional) e do Conselho Institucional do Ministério Público Federal, em Brasília-DF, de 2000 a 2004. Promovido em 2012 a Subprocurador-Geral da República, cargo final de sua carreira, para oficiar em Brasília-DF na Procuradoria Geral da República e junto ao Superior Tribunal de Justiça, com as prerrogativas de Ministro daquela Corte do Poder Judiciário. Aposentou-se em 2013. Exerce o magistério superior desde 1978, tendo lecionado Direito Constitucional e Direito Eleitoral em várias Faculdades de Direito, em Cursos de Graduação e de Pós-graduação. É Professor titular de Direito Constitucional na Faculdade de Direito Padre Arnaldo Janssen, da Sociedade do Verbo Divino-SVD, em Belo Horizonte. Advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Minas Gerais, foi conselheiro da OAB/-MG no triênio 2001-2003. Membro nato e presidente do Conselho Consultivo da Associação dos Filhos e Amigos de Teófilo Otoni-AFATO, sediada em Belo Horizonte, tendo sido ainda o primeiro presidente de sua Assembléia Geral. Sócio do instituto Histórico e Geográfico do Mucuri, titular da cadeira 33, tendo como patrono Júlio Haueisen. Autor de inúmeros artigos sobre temas da área de sua atuação profissional, publicados em revistas especializadas.Tem participação em grande número de eventos, como palestrante, debatedor, painelista, presidente de mesa, orientador e membro de bancas examinadoras. Condecorações: Medalha Santos Dumont – grau prata, do Estado de Minas Gerais e Medalha da Ordem do Mérito Legislativo da Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Obras publicadas:
Processo Eleitoral e Controle Jurisdicional, Belo Horizonte: Mandamentos, 2002. A Rigidez Constitucional Desafiada – Reforma ou Reformismo no Brasil – In: Crise e Desafios da Constituição–Perspectivas Críticas da Teoria e das Práticas Constitucionais Brasileiras (obra coletiva), Belo Horizonte: Del Rey, 2003. O Poder Judiciário na Constituição de 1988: Reflexões sobre a estrutura e o funcionamento da Justiça Eleitoral. In: Quinze Anos de Constituição – História e Vicissitudes (obra coletiva), Belo Horizonte: Del Rey, 2004.
Patrono Perpétuo: José Alfredo de Oliveira Baracho
Posse: 30 de abril de 2011
Aniversário: 10 de outubro

CADEIRA Nº 17 – SANDRA HELENA BARROSO

02Escritora e pesquisadora teófilo-otonense, radicada em Santa Luzia/MG. É mestra em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Especialista em estudos do lazer pela Universidade Federal de Minas Gerais. Possui duas graduações: Ciência da Informação (1988) e Artes Ciências (2006), ambas concluídas pela Universidade Federal de Minas Gerais. É professora voluntária de dança e teatro, e integra o Coral Imaculada Conceição do tradicional Mosteiro Macaúbas. Começou suas atividades profissionais aos 20 anos, tendo trabalhado como estagiária no Centro Pedagógico e no Departamento de Física ambos na Universidade Federal de Minas Gerais, na Usiminas e na Telemig. Sua trajetória inclui o trabalho como bibliotecária em empresa de consultoria (1988-1989), funcionária contratada na rede estadual de ensino (1992-1994), e como professora na educação infantil (2005-2006). Desde 1996 ocupa o cargo de bibliotecária na Universidade Federal de Minas Gerais. É pesquisadora de manifestações culturais brasileiras, principalmente as de origem africana e indígena e, desde 2008, tem se dedicado a estudar o Congado na Festa de Nossa Senhora do Rosário da Comunidade de Pinhões, em Santa Luzia/MG. Nessa mesma comunidade é integrante da Guarda de Congo do Divino de Nossa Senhora do Rosário. Frequenta com regularidade encontros que abordam questões de identidade afro-brasileira e indígena. Tem trabalhos apresentados em Congressos, participou de eventos culturais e literários. Convidada para um bate papo com escritores luzienses dentro do tema, memória e identidade. Atualmente tem-se dedicado a estudar manifestações culturais de Teófilo Otoni, especificamente as Pastorinhas da Paz. Ingressou, inicialmente, como membro correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni, em 26 de abril de 2014.

Obras publicadas:
O menino Catopê
Vó Rita e algumas histórias: As Pastorinhas da Paz

Posse: 25 de junho de 2016
Patrono: Nelson Figueiredo
Aniversário: 29 de junho.

CADEIR Nº 18 – OLEGÁRIO ALFREDO DA SILVA

02Escritor, poeta, haicaista, cordelista, mestre de copeira, contador de história e xilogravurista – É natural de Teófilo Otoni e reside em Belo Horizonte, desde 1969. Também assina “Mestre Gaio” por ser mestre em Capoeira. Graduado em Letras, em 1987, pela PUC/MINAS com Pós-graduação em Gestão Pública,2009, pela Faculdade Integradas de Jacarepaguá/RJ, possui ainda o curso de Desenho Artístico no INAP e na Escola de Design. Atualmente trabalha no Tribunal Regional do Trabalho e paralelamente ministra cursos e oficinas em literatura de cordel e xilogravuras em diversos segmentos sociais como: escolas, creches e bibliotecas comunitárias. É membro titular da Academia Brasileira de Literatura de Cordel com sede no Rio de Janeiro. Escreve esporadicamente para algumas revistas e jornais do país e prefaciador de várias obras literárias, como também ganhador de vários concursos literários. Tem participação em variados debates, seminários, simpósios, festivais, semanas culturais, eventos municipais, estaduais e federais. Foi homenageado em julho de 2010 com uma cordelteca (biblioteca de cordel) na cidade de Sabará/MG que recebeu o seu nome. Em dezembro de 2012, recebeu o Prêmio Academia de Letras de Teófilo Otoni: Troféu Isaura Caminhas Fasciani, na modalidade Conjunto de Obra Literária.

Obras publicadas: Como se tece uma manhã: poesia De Cavacos e Picumãs: poesia Solombra: haicais A Moleza da Lesma Folclore em Cordel Capoeira em Cordel Dom Quixote em Cordel e Bichos da Africa
Literatura de Cordel: Possui mais de 100 títulos publicados sobre variados temas.
Em coletânea: Universo de Versos;Poesia Previdenciários em Prosa e Verso.
Patrono Perpétuo: Rubem Somerlate Tomich
Posse: 11 de dezembro de 2010
Aniversário: 16 de julho

CADEIRA N° 19 – JADER MOREIRA RAFAEL

Escritor, poeta, declamador, professor, advogado e servidor publico estadual, é natural de Medina. Estudou na Escola Agrotécnica Federal Diaulas Abreu (curso de Agropecuária) em Barbacena/MG, concluindo em 1979. Ingressa, em 1983, no Serviço Público Estadual, prestando serviços ao Instituto Estadual de Florestas (IEF). Residiu em cidades como Medina, Caratinga, Teófilo Otoni, Montes Claros e, atualmente Nanuque. Graduou-se em Letras, em 1992, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo Otoni, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Em meados de 1995, transferiu-se para Montes Claros, para desempenhar a função de Gerente de Núcleo de Florestas e Biodiversidade no IEF. Continuou seus estudos na Universidade Estadual de Montes Claros, bacharelando-se em Direito, em dezembro de 1997. Têm curso de Especialização em Literatura Brasileira pela PUC-Minas e, em Educação e Gestão Ambiental, pela FAZU – Faculdade de Zootecnia de Uberaba. Em 2001 tornou-se professor da Faculdade de Nanuque, lecionando várias disciplinas para os cursos de Tecnologia em Gestão Agropecuária, Recursos Humanos e Administração de Empresas, além de exercer diversas funções em conselhos e instituições sociais na cidade de Nanuque, tais como: Presidente do Lions Clube, ano leonístico 2011/2012, presidente da Legião dos Vaqueiros de Nanuque e Região, a partir de 2007, representante oficial, em Nanuque, da Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira, é também Membro regular a ativo da Augusta e Respeitável Loja Maçônica AMOR e FRATERNIDADE, 2187, GOB/MG, oriente de Nanuque/MG; Grande Inspetor Geral da Ordem Maçônica, Grau 33, do Supremo Conselho da Maçonaria para a República Federativa do Brasil, Mestre Instalado. Membro Honorário da loja Maçônica Força e União, nº 58, Ponto Belo – ES, desde novembro de 2013; Membro Honorário da loja Maçônica FENIX FORÇA E UNIAO, nº 12, Nova Viçosa-BA, desde julho de 2012; Agraciado pela Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira e Ministério Público Estadual com as seguintes condecorações: Medalha da Liberdade, em reconhecimento a relevantes serviços prestados a Ordem e a Pátria, 18 de Março de 2016, Belo Horizonte; Colar de Mérito Cívico Joaquim José da Silva Xavier “Alferes Tiradentes”, Ouro Preto-MG, novembro de 2010; Medalha de Mérito Cívico “Thomas Antônio Gonzaga”, em agosto de 2012, Ouro Preto – MG; Colar MARECHAL DEODORO DA FONSECA, em Mariana/MG, 15/11/2013, oferecido pela OCIM – Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira e o MPE – Ministério Público Estadual; Medalha da Vitoria, Belo Horizonte, oferecida pela OCIM – Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira, julho de 2014, Belo Horizonte/MG; Honra ao Mérito medalha LUIS VAZ DE CAMOES, em reconhecimento por atuação com ética e competência no exercício da atividade artística literária no decorrer de 2015/2016, Rio de Janeiro, janeiro / 2016. Em 2011, recebeu a COMENDA AFFONSO PENNA, Mérito Cultural e Cidadania, Brasília/DF; como também o Titulo Honorifico Mãos que Fazem – oferecido pelo CLUBE BRASILEIRO DA LINGUA PORTUGUESA, Belo Horizonte, novembro de 2011; Moção de Aplauso n 13/2006, da Câmara Municipal de Nanuque pelo exercício de docência na Faculdade de Nanuque – FANAN, setembro 2006; RECONHECIMENTO MAÇÔNICO – concedido pela Augusta e Respeitável Loja Simbólica Força e União, nº 578, da Grande Loja Maçônica do Espírito Santo, expedido em 11/06/2011. Fundador do Museu do Vaqueiro, Casa da Cultura e Memorial Dr. Ivan Claret, inaugurado em junho 2016. Ingressou, inicialmente, na Academia de Letras de Teófilo Otoni como membro correspondente, em 27 de setembro de 2014.

Obras publicadas:

Luz dos Mestres (literatura maçônica)
A viola e a violência
Santa Clara: Ecos da ocupação no Vale do Mucuri
Moreiras: eiras e beiras de um povo
I expedição Santa Clara
II expedição Santa Clara
IV expedição Santa Clara
O vaqueiro, o sertão e Deus
V expedição Santa Clara
Moreiras: nossos laços de família

Patrono: Dely Coelho Nogueira
Posse: 21 de maio de 2016
Aniversário: 12 de setembro

CADEIRA Nº 20 – MÁRCIO BARBOSA DOS REIS

Professor, contabilista, teólogo, psicanalista e servidor público estadual, é natural de Santa Margarida/MG, Tem graduação em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Carangola/MG e Teologia pela Faculdade de Educação Teológica de São Paulo. Possui pós-graduação em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caratinga/MG, em Direito Tributário pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá/RJ e mestrado em psicanálise pela Faculdade de Educação Teológica de São Paulo. É auditor fiscal da Receita Estadual desde 1998; ocupou cargos comissionados de Chefe da Administração Fazendária de Nanuque de setembro de 2002 a janeiro de 2003, Chefe do Posto de Fiscalização Emílio Rivieri Filho de fevereiro de 2003 a abril de 2005, e, no período de maio de 2006 a junho de 2015, o cargo comissionado de Delegado Fiscal de Trânsito na Delegacia Fiscal de Teófilo Otoni (Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais). Tem experiência na área de matemática, com ênfase em álgebra, atuou como professor da educação básica, no período de 1987 a 2000, nas seguintes Escolas: Padre Bento Souza Lima e Ribeirão de São Domingos, em Santa Margarida, Rita Clara Sete em Santo Amaro de Minas, Dr. Eloy Werner em Realeza, Joseph Stalim em Nanuque. Foi trabalhador na agricultura familiar, cobrador de ônibus e auxiliar de escritório. Atualmente, é aluno do curso de Direito da Universidade Presidente Antonio Carlos. Escreve regularmente para jornais de Teófilo Otoni, notadamente para o “Diário Tribunado Mucuri”.

Obras publicadas:
O jovem e o mundo em transição;
Chegar ao topo é possível;
10 Fábulas proverbiais;
Tributo poético Coletânea em versos (participação).
Patrono Perpétuo: Darcy de Almeida
Posse: 15 de agosto de 2015.
Aniversário: 14 de janeiro

CADEIRA Nº 21 – ANTONIO SÉRGIO TORRES FERREIRA
17

CADEIRA Nº 22 – LEÔNIDAS CONCEIÇÃO BARROSO

38 - LeônidasProfessor, escritor e pesquisador teófilo-otonense. Doutor em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1988. Mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1979. Licenciado em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Belo Horizonte em 1971, com habilitação em Matemática e Física. É Professor Adjunto da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-Minas. Professor Adjunto aposentado da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem larga experiência em estudos interdisciplinares envolvendo Matemática, Estatística e Geografia, com suporte de tecnologias de informação. É associado ao International Institute of Informatics and Systemics (EUA). É sócio – fundador da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (1978); Diretor-fundador da Faculdade Brasileira de Informática (1994-1997); membro do Conselho Editorial da Revista Aula Magna do UNI-BH (2000-2002); membro do Conselho Editorial da Revista Caderno de Geografia da PUC-Minas (desde 2002); agraciado pela Fundação Cultural de Belo Horizonte com placa no saguão da Faculdade Brasileira de Informática, como seu Diretor-fundador em 1998. Membro Correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni, de 27 de abril de 2013 a 06 de junho de 2014. Sócio do instituto Histórico e Geográfico do Mucuri, titular da cadeira 23, tendo como patrono Leonardo Esteves Otoni. É detentor dos prêmios: Premio al mejor artículo de sesión, Décima Segunda Conferencia Iberoamericana em Sistemas, Cibernética e Informática e Premio al mejor artículo de sesión, Simposio Iberoamericano de Aplicaciones e Tecnologias de Información y Comunicaciones e o Troféu Isaura Caminhas Fasciani, modalidade produção técnico-científica, da Academia de Letras de Teófilo Otoni. Foi membro do Conselho Consultivo (2009-2012) do Fórum Permanente de Desenvolvimento de Teófilo Otoni, além de coordenador do Projeto TOR – Teófilo Otoni e sua Região, do Laboratório de Estudos do Vale do Mucuri da PUC-Minas. Organizador e coautor de diversos livros na área de sua atuação profissional, tais como: Geografia, modelos de análise espacial e GIS; Epistemologia, Cidade e Meio Ambiente; Cálculo Numérico: com aplicações; Tratamento Numérico de Equações Diferenciais Ordinárias e Cálculo Numérico. Além de inúmeros artigos publicados em revistas especializadas na área da matemática e geografia.

Patrono Perpétuo: Pastor Hollerbach
Posse: 07 de junho de 2014
Aniversário: 14 de outubro

CADEIRA Nº 23 – GECERNIR COLEN

38 - Leônidas

Escritor, pesquisador e professor universitário  teófilo-otonense, radicado em Belo Horizonte/MG, possui graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em Ciências Biológicas (Microbiologia) pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Ciência de Alimentos pela Universidade Federal de Minas Gerais, além de curso de aperfeiçoamento em biotecnologia pela Universidad de Buenos Aires, Argentina. Desde o ano de 1988, é professor da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Microbiologia Industrial e Fermentação e em Microbiologia de Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: produção e uso de lípases microbianas e microbiologia de alimentos. Foi  por quatorze anos intercalados Chefe do Departamento de Alimentos da Faculdade de Farmácia da UFMG, em períodos de 1988/1994; 1996/2002 e 2006/2008 e Vice Diretor da Faculdade, de 2008 a 2012. Presidente da Associação dos Filhos e Amigos de Teófilo Otoni, desde 2007. Autor de inúmeros artigos científicos em periódicos especializados, como também resumos publicados  em anais de congressos e informes técnicos. Como docente do ensino superior tem participação em bancas de trabalhos de  orientação e conclusão  de cursos de mestrados e doutorados, como também bancas de  comissões julgadoras de concursos públicos. É condecorado com o Grande Colar do Mérito Legislativo Municipal da Câmara Municipal de Belo Horizonte e com a Comenda Teófilo Otoni, do governo do Estado de Minas Gerais.

Obras publicadas:
A costura de uma autobiografia: Cenários, Projetos e Trajetória;
Fungos filamentosos e produção de lípases extracelulares
O ensino da Faculdade de Farmácia da UFMG: Apontamentos históricos: 1911:2011 (co-autoria com o prof. Lauro Mello Vieira)
Patrono: Petrônio Mendes de Souza
Posse: 15 de agosto de 2015
Aniversário: 09 de setembro

 

CADEIRA Nº 24 – RAQUEL MELO URBANO DE CARVALHO

15Professora, advogada, escritora e poetisa – Natural de Teófilo Otoni/MG. Graduou-se em 1994, em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais, nesta mesma universidade fez o curso de Mestrado, com defesa da tese em março de 2002, com área de concentração em Direito Administrativo. É Procuradora do Estado de Minas Gerais, desde agosto de 1998. Foi professora de Direito Administrativo, no Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito da UFMG, entre março de 1998 e abril de 1999, Assessora Judiciária III do Tribunal de Alçada de Minas Gerais, junto á 3ª Câmara Civil, entre agosto de 1995 e julho de 1998. É professora de Direito Administrativo em cursos preparatórios para concursos desde 2001. Foi distinguida com o Prêmio Professor João Eunápio Borges, por ter sido classificada em primeiro lugar entre os alunos da graduação que mais se destacaram na disciplina de Direito Civil.

Obras publicadas:
Seja o que for
Curso de Direito Administrativo: Parte Geral, intervenção do Estado e Estrutura da Administração.
Patrono Perpétuo: Carlos Fulgêncio da Cunha Peixoto
Posse: 26 de junho de 2003
Aniversário: 02 de março

CADEIRA Nº 25 – THEREZINHA MELO URBANO DE CARVALHO

13Professora, escritora e poetisa – Natural de Araçuaí/MG, onde efetuou sua educação básica, graduando-se em Letras, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Foi professora em diversas escolas, tanto em Araçuaí sua terra natal, quanto em Teófilo Otoni, além de supervisora e coordenadora da Merenda EscolaR da Superintendência Regional de Ensino de Teófilo Otoni. Em 1979, foi presidente do Núcleo de Voluntariado da LBA. Em 1998, depois de se aposentar, começou a escrever histórias infantis. Atualmente, divide o seu tempo entre a cidade de Teófilo Otoni e a capital Belo Horizonte. Recebeu, em 2015, a Medalha de Mérito Cultural Dona Didinha, em reconhecimento a sua caminhada literária e de educadora.

 

Obras publicadas:
Refúgio
Re-canto
Patrono Perpétuo: Ione Lewick Cunha Melo
Posse: 26 de junho de 2003
Aniversário: 19 de setembro

CADEIRA Nº 26 – WILSON COLARES DA COSTA

23Professor, sociólogo e escritor – Natural de Teófilo Otoni/MG, licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Fundação Educacional Nordeste Mineiro, com habilitação em História, Geografia e Sociologia. É professor de Sociologia na rede estadual de ensino, lotado na Escola Estadual Ione Lewick Cunha Melo e Escola Estadual São Sebastião. Atuou na imprensa local, na redação do Jornal Tribuna do Mucuri, entre 1990 e 1991 e no Gazeta do Mucuri, de 1997 a 2000. Líder estudantil foi presidente da União Estudantil de Teófilo Otoni, do Diretório Acadêmico do curso de Ciências Sociais e do Diretório Central dos Estudantes da Fundação Educacional Nordeste Mineiro. Possui vários artigos publicados sobre movimento estudantil, especialmente, abordando a temática da organização de grêmios estudantis nas unidades de ensino. É sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Mucuri com sede em Teófilo Otoni; foi membro suplente do Conselho Municipal de Educação e efetivo do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação. Atualmente é membro efetivo do Conselho Municipal da Juventude, Secretário Geral, em sucessivas gestões da Academia de Letras de Teófilo Otoni e Primeiro Secretário do Instituto Histórico e Geográfico do Mucuri. É membro ativo da Loja Maçônica Filadélfia, em Teófilo Otoni.

Obras publicadas:
Grêmio Livre: história e diretrizes
Cidadania e Participação Popular
Grêmio Estudantil: Representação do estudante e valorização da escola
Cartilha Voto e Cidadania: Guia de orientação aos eleitores.
Patrono Perpétuo: Leônidas Alves Lorentz
Posse: 11 de novembro de 2005
Aniversário: 11 de dezembro

CADEIRA Nº 27 – MARIA LAURA PEREIRA DA SILVA COUY

35Professora, poetisa, cronista e contista – Natural de Teófilo Otoni/MG, reside em Belo Horizonte/MG, desde 2001. Exerceu o magistério até a aposentadoria. É Membro efetiva da Academia Municipalista de Letras e da Academia Feminista de Letras com sede na capital mineira, da qual foi presidente no biênio 2008-2009. Possui trabalhos publicados em antologias e revistas literárias editadas pela Academia Feminina de Letras, como “A Hora da Graça”; “Literatura em Destaque”; Literatura em Movimento” e ‘Palavra”. Em 1999 participou do livro bilíngue: português-francês: “Perolas Reverberantes” Na Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais apresentou vários trabalhos literários em coletâneas e premiados em concursos e revistas anuais. Em Teófilo Otoni colaborou com artigos para os jornais: Folha da Cidade, Tribuna do Mucuri, Carta e, em belo Horizonte para o jornal da Afato e, no Minas Gerais, na coluna Resenha Literária.

Obras publicadas:
A sereia de Sal e sol: contos, crônicas e prosa poética
Vivência: poesia
A Bruxinha Anabel e Circo Alegria: livro duplo infantojuventil
O Beija Flor no Espelho: contos, crônicas e prosa poética
Ampulheta: poesia
Santa do Pau Oco: poemas sertanejos.
Patrono Perpétuo: Luiz Gonzaga de Carvalho
Posse: 09 de novembro de 2007
Aniversário: 05 de novembro

CADEIRA Nº 28 – JOSÉ SALVADOR PEREIRA ARAÚJO

12Professor, advogado, escritor: romancista, contista, cronista e poeta – Natural de Teófilo Otoni/MG, onde se licenciou, em 1989, em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Teófilo Otoni – FAFITO/FENORD. Em Belo Horizonte graduou-se em 2010, em Direito pela Escola Superior Dom Helder Câmara. Tem pós-graduação em Docência do Ensino Superior, concluído em 1998, pelas Faculdades Integradas Simonsen, do Rio de Janeiro/RJ, cursou disciplinas em nível de mestrado pela UFMG, na área de Linguística, é mestrando em Direito Ambiental pela Escola Superior Dom Helder Câmara. Exerceu o magistério em Teófilo Otoni até se mudar, em 1997, para Belo Horizonte/MG, onde continuou a atuar como docente da educação básica em Língua Portuguesa e Literatura. Tem inúmeros contos, crônicas e poesias publicados em revistas de literatura e jornais, além de escrever para o caderno Direito e Justiça, do Jornal Estado de Minas. Como escritor, é dono de um estilo que mistura ficção e realidade, traçando um diálogo perfeito com o leitor. Tem participação em inúmeros congressos, seminários e conferências na área da língua portuguesa e do direito.

Obras publicadas:
Diário de menor abandonado
Paraíso do além
A garota da Vila
Lira dos Vales
A condenada
A felicidade se faz de coisas possíveis.
Patrono Perpétuo: Noé Rodrigues dos Santos
Posse: 15 de dezembro de 2012.
Aniversário: 11 de abril

CADEIRA Nº 29 – MARLENE CAMPOS VIEIRA

18Professora, Pedagoga, escritora e cronista – Natural do Município e Caratinga/MG. Licenciada em 1993, em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Fundação Educacional Nordeste Mineiro e pós-graduação em Administração e Supervisão Escolar pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caratinga/MG. Residiu por um longo período em Padre Paraíso/MG, onde exerceu o magistério e o cargo de diretora da Escola Dr.Cândido Ulhôa, por 9 anos, no qual se aposentou.

Obra publicada:
Histórias da Vovó Marlene
Patrono Perpétuo: João Salomé de Queiroga
Posse: 11 de dezembro de 2010
Aniversário: 02 de junho

CADEIRA Nº 30 – WILSON RIBEIRO

32Escritor – Natural de Pavão/MG, foi aluno do Colégio Joaquim Portugal em Teófilo Otoni. Ingressou no Cartório de Registro Civil e Tabelionato, na cidade de Pavão, 05 de abril de 1963, sendo aprovado em concurso público de provas e títulos em 05 de maio de 1969, aposentou-se em 29 de abril de 2011. Por um curto período foi professor Regente de Inglês, no ensino fundamental no ano letivo de 1964, na Escola Estadual Caio Nelson de Sena, na cidade de Pavão. Em 25 de novembro de 1972, ingressou na Ordem Maçônica, na Loja Filadélfia, de Teófilo Otoni, sendo elevado ao Grau 33 em Belo Horizonte, no Supremo Conselho Maçônico, em 25 de julho de 1992. Ingressou na Academia de Letras Teófilo Otoni, como membro correspondente em 11 de dezembro de 2010. É cidadão honorário de município de Pavão/MG por meio da Resolução Nº 03/14, honraria outorgada em 06 de outubro de 2015.

Obras publicadas:
Livro dos conhecimentos e a busca da paz
Evoluindo com o pensamento
A busca do caminho perfeito
Patrono Perpétuo: José Gonçalves Sollero
Posse: 26 de outubro de 2013.
Aniversário: 07 de setembro.